Cabelos no ritmo

sem-tC3ADtulo-1-40
Cabelos no ritmo

Vintage anos 60 e 70, de Robert Plant, o moicano, de Anthony Kiedis do Red Hot, e o emo, de Gerard Way, do My Chemical

No próximo dia 13 de julho é comemorado o Dia Mundial do Rock. Seja na atitude ou na forma de se vestir, esse estilo representa muito mais do que uma influência musical. As tendências de cortes de cabelo também são inspiradas nos rockstars. E, para comemorar esse dia e cultuar seus ídolos, os mais variados cortes estilosos fazem a cabeça dos homens.

Quem acha que aqueles cortes ousados dos astros do rock ficaram no passado está enganado. Eles vêm ditando moda por onde passam e contagiam as diferentes gerações, tornando os cabelos inusitados a sua identidade.

De acordo com o profissional Rober Borsato, do Red Salon Homem, os cortes têm tudo para se tornar uma verdadeira tendência no universo masculino.

“Já que não podemos ter ou viver no mundo das estrelas do rock, podemos ter o corte igualzinho. Arrepiado, longo, colorido, enrolado, etc. Se eles podem, por que nós não?

Assim começa todo esse mundo de tendência de estilo e visual do cabelo para os homens.”

Uma referência é o visual dos jogadores de futebol. O corte undercourt voltou com tudo e fez sucesso entre eles no verão de 2014, conferindo uma imagem estilosa. Segundo Rober, mesmo depois de seu auge, o corte ainda se faz presente, com famosos internacionais mantendo mensalmente o estilo. 

Mas não somente os homens se preocupam com a sua aparência, as mulheres influenciam na decisão final do corte.

“Os homens em geral curtem praticidade. E se isso vem com um visual legal e descolado, pronto. Mas as mulheres têm que aprovar, daí vale até um pouquinho de sacrifício e mais visitas ao cabeleireiro”, brinca Rober.

Outros cortes chegaram com tudo. O vintage, consagrado nas décadas de 1960 e 1970, dá aquele ar de Woodstock. Ele deixa os fios longos e soltos, que identificam um verdadeiro roqueiro. Seja encaracolado como o do Led Zeppelin, Robert Plant, ou liso, o resultado é uma verdadeira febre entre os fãs do gênero. Xampus e pomadas modeladoras são essenciais para manter os fios bem-arrumados.

Já o moicano conquista os adeptos do movimento punk. Com exceção dos redondos, esse corte se adequa a todos os tipos de rostos. Porém, funciona mais em homens descolados. O uso da pomada de modelar também é fundamental e a visita quinzenal ao cabeleireiro é importante para manter o corte.

O cabelo indie, para frente e para os lados no mesmo comprimento, é usado por Jon Bon Jovi e promete ganhar muito mais adeptos. Para deixar com o aspecto de espinhos para baixo, assim como o do astro, basta mais uma vez usar a pomada que deixa o visual mais descontraído.

Por último, um que fez sucesso e ainda promete mais é o corte emo. Esse estilo é muito popular entre os jovens que utilizam o cabelo bem lisinho. A chapinha é a peça-chave dessa produção, que confere um ar naturalista para aquela mecha que cai sobre o rosto, assim como a do vocalista do My Chemical Romance, Gerard Way.

Fonte: http://www.ofluminense.com.br