Câmeras já registraram 423 crimes em Niterói

d1fe-cispleo0053-157217
Câmeras já registraram 423 crimes em Niterói

Os crimes correspondem a cerca de 30% de todas as ocorrências atendidas pelas 211 câmeras do Cisp

As 211 câmeras instaladas em Niterói e que são monitoradas pelo Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) já flagraram 423 crimes na cidade desde o início da supervisão, em agosto do ano passado. Os crimes representam quase 30% de todas as 1.429 ocorrências atendidas no período, o que resulta em uma média 70 crimes por mês, ou dois por dia, registrados pelas câmeras de segurança. Os números de ocorrência poderiam ser ainda maiores se todas as câmeras estivessem funcionando, já que no início do monitoramento estavam previstos 450 equipamentos. Até o final do ano, serão instaladas mais 160 câmeras, totalizando 371.

Segundo o balanço informado pela prefeitura, as ocorrências são divididas em quatro grupos, que incluem ainda: Ocorrências de trânsito (482); Ocorrências de Ordem Pública (157) e Ocorrências Diversas (367).
O município explicou que as ocorrências de Ordem Pública são casos do tipo: perturbação do sossego, presença de ambulantes, obstrução do passeio, aparelho municipal depredado, estabelecimentos comerciais irregulares etc.

Já ocorrências diversas são: resgate de animais; solicitação de auxílio por problemas de saúde e resgate de enfermos; acidentes domésticos; queimadas em áreas de mata etc.

O balanço mostra ainda que houve o acompanhamento de diversas ocorrências atendidas pelo poder público que não necessitaram do auxílio do Cisp, totalizando 6.290 ocorrências acompanhadas sem interferência. “Foi uma das melhores coisas que aconteceu na cidade, em relação à segurança pública. Os agentes que monitoram passam um rádio do Cisp e então nós acionamos as viaturas mais próximas de onde o crime acontece. Essa integração e tecnologia é de extrema importância para nós”, disse o comandante do 12º BPM (Niterói), Fernando Slema.

Um dos atendimentos que ocorreram graças às imagens captadas pelas câmeras do Cisp aconteceu no dia 13 de fevereiro deste ano, quando a Polícia Militar conseguiu recuperar um veículo roubado e prender dois suspeitos no Fonseca, Zona Norte.

Na ocasião, um Kia Cerato que havia sido roubado no bairro foi visualizado por uma câmera do Centro próximo do Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal). Um policial militar que estava no Cisp alertou agentes da sala de operações do 12º BPM (Niterói), que enviou a viatura mais próxima para o local. Devido à agilidade, os PMs conseguiram recuperar o veículo, além de prender os suspeitos no mesmo bairro.

Parceria – No último dia 16, a Prefeitura de Niterói assinou um convênio com a Polícia Civil que vai permitir, a partir desta primeira quinzena, que o Cisp receba em tempo real as informações da Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA).

Além disso, o acordo prevê também a instalação de totens que vão possibilitar que os cidadãos façam na sede da administração municipal e no Cisp um pré-registro de ocorrência, como extravio de documentos, por exemplo. Inicialmente marcada para este mês, a instalação dos totens acontecerá em maio.

Fonte: http://www.ofluminense.com.br