Começa em abril Rotativo no polo gastronômico de Icaraí

polo-156069
Começa em abril Rotativo no polo gastronômico de Icaraí

Expectativa é que essas e todas as outras vias tenham o serviço com mais de 1 mil vagas

O polo gastronômico de Icaraí, que compreende os comércios localizados no quarteirão das ruas Nóbrega com Mariz e Barros, vai receber a implantação do sistema rotativo de vagas na primeira quinzena de abril. Segundo informou a Prefeitura de Niterói, a expectativa é que essas e todas as outras vias do bairro sejam plaqueadas e tenham o serviço com mais de 1 mil vagas funcionando até o dia 14 de abril.

Enquanto o serviço ainda não acontece nessas vias, a partir do próximo dia 7 será de plaqueamento e panfletagem pelo bairro. A Prefeitura de Niterói informou que a partir do dia 14 do próximo mês começará a funcionar o serviço nas ruas Lopes Trovão, Herotides de Oliveira, Miguel Couto e Domingues de Sá, entre a Avenida Roberto Silveira e a Rua Santa Rosa.

Além disso, nas ruas Ministro Otávio Kelly, Nóbrega, João Pessoa e Geraldo Martins, entre as ruas Lopes Trovão e Domingues de Sá.

Por meio de nota, a Niterói Rotativo informou que posteriormente as vias acima, atenderá ao pedido da Prefeitura de começar gradativamente a explorar o serviço no polígono compreendido entre a Rua Dr. Paulo César, a Avenida Roberto Silveira, a Avenida Almirante Ary Parreiras, Avenida Padre Francisco Lanna, Rua Santa Rosa, fechando o polígono com a Rua Doutor Paulo César.

Flanelinhas –  Para os moradores e comerciantes do Jardim Icaraí, o estacionamento rotativo, que terá a cartela custando R$ 3,50 pelo período de duas horas, é bem-vindo. Eles alegam que isso vai coibir a ação de flanelinhas no local, sobretudo aos finais de semana.

“À noite a atuação de flanelinhas é bastante comum na João Pessoa, Mariz e Barros e na Rua Doutor Leandro Mota. O pior é que não há um padrão, eles cobram o valor que quiserem, desde R$ 5 até R$ 10. Um absurdo”, disse um comerciante da região.

A Niterói Rotativo também informou que a implantação do serviço vai coibir crimes no local e que “Estarão sendo realizadas reuniões para planejamento de suporte à implantação, uma vez que o índice de delitos na área é alarmante”, destacou a nota.

Fonte: http://www.ofluminense.com.br