Cultura afro em foco em Niterói

img2657-165690
Cultura afro em foco em Niterói

Evento já é tradição na cidade e reúne feira de artesanato e diversas manifestações da cultura negra, como apresentações de jongo e capoeira

No dia em comemoração à Consciência Negra, dia 20 de novembro, acontece a 9°edição do “Viva Zumbi”, na Praça Leoni Ramos, na Cantareira, onde são esperadas cerca de 4 mil pessoas. O evento, que já é tradição na cidade, reúne

feira de artesanato e diversas manifestações da cultura negra, como apresentações de jongo, capoeira, hip hop, samba, exposição fotográfica, tenda de religiões de matrizes africanas, além da tradicional feijoada servida gratuitamente ao público. Durante toda a semana que antecede o evento, de 14 a 21, vários eventos acontecerão em diversos pontos da cidade, como roda de rima, desfile e tenda literária.

“Dialogar a igualdade racial é muito importante para travar e continuar a nossa luta diária. Muitas pessoas acham que é exagero, mas não é. O racismo existe e em todas as classes sociais, é preciso lutar contra essa realidade. As políticas de igualdade social precisam crescer, já que mais da metade dos brasileiros são negros”, explica a secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Verônica Lima.

No dia 20, o festival Viva Zumbi acontece por cerca de 12 horas e centenas de pessoas circulam pelo local o dia todo. A grande atração deste ano é o sambista Dudu Nobre, entre outras atrações como Sambaí, a sambista Áurea Martins, o bloco Saias da Folia e nos intervalos DJ Samuray.

O evento também destaca as experiências de relações e interações étnico-culturais estimulando a construção da auto-estima das pessoas negras através da beleza e riqueza artística e o (re)conhecimento da cultura negra e africana no Brasil. Ao longo do evento estarão dispostas fotos e histórias de várias personalidades negras que fizeram a diferença na história do país.

O evento é realizado pela ONG Cidadania em Movimento, com apoio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Movimento Negro Unificado, ONG Sete Cores e outras instituições.

Confira a programação:

14/11 – Terça
18h – Abertura da Semana da Cultura Negra com o lançamento da Exposição de Fotografia
Exposição de fotos selecionadas a partir do concurso de fotografia da Semana da Cultura Negra.
Duração: 14/11 a 20/11
Solar do Jambeiro: Rua Presidente Domiciano, 195 – Ingá

19h – Cine Nikiti, exibição do filme: Do Outro Lado do Atlântico, de Daniele Ellery e Márcio Câmara
Sinopse: As diversas percepções sobre identidades e culturas de estudantes africanos de países de língua portuguesa que estudam ou estudaram em universidades brasileiras. Dos dois lados do Atlântico, histórias de partidas, permanências e regressos são contadas, encontros e desencontros de ideias, percursos, desejos e sonhos.
Duração: 90 minutos
Solar do Jambeiro: Rua Presidente Domiciano, 195 – Ingá

15/11 – Quarta
19h – Exibição do filme: Pitanga, de Beto Brant e Camila Pitanga
Sinopse: O documentário investiga o percurso estético, político e existencial do ator Antônio Pitanga que, dirigido por grandes cineastas – como Glauber Rocha, Cacá Diegues e Walter Lima Jr. –, foi destaque em alguns dos momentos de maior inquietação artística do cinema brasileiro. Um mergulho na história do Brasil através do cinema.
Duração: 1hora e 50 min
Teatro Municipal de Niterói: Rua Quinze de Novembro, 35 – Centro

16/11 – Quinta
18h – Samba do Brandão
Roda de samba com Fernando Brandão (cavaco), Rogério Souza (vioão 7 cordas), Marcelo Pizzotti (percussão e voz), Dinho Rosa (percussão) e Rafael Caçula (voz e pandeiro).
*Couvert: 6 reais
Botequim Salve Simpatia Centro: Rua Cel. Gomes Machado, 249 – Centro

17/11 – Sexta
10h – Abertura do Ciclo de Debates: Conceição Evaristo e a População Negra, com homenagem à Conceição Evaristo e debate sobre a mulher negra no mundo das letras.
12h – Pausa para almoço
14h – Debate: Amor preto, afeto, sexualidade e políticas públicas para os LGBTs.
16h – Debate: Sistema prisional e encarceramento da população negra
Auditório Ismael Coutinho – Instituto de Letras – UFF (Rua Alexandre Moura, 8 (Campus do Gragoatá – UFF), Bloco C, Sala 218 – São Domingos

18/11 – Sábado
10h – Eloya Feira Cultural Africanidades
Arte, Cultura, Moda e Gastronomia
14h – Debate e desfile movimenta a Semana da Cultura Negra
Moda afro brasileira, tradições e apropriações. Causa e efeito. Empoderamento Feminino.
Museu do Ingá: Rua Presidente Pedreira, 78 – Ingá

19/11 – Domingo
16h – Conexão Favela e Arte apresenta: Um Dia de Empoderamento Preto e Fala
Um dia de empoderamento preto. Debate, folhetos, cartazes e batalha de rima com temas da luta diária.
Horto do Fonseca: Alameda São Boaventura, 770 – Fonseca

20/11 – Segunda – Dia da Consciência Negra
9ª EDIÇÃO DO VIVA ZUMBI NITERÓI
Praça da Cantareira
10h
No palco: Debate de Abertura do Movimento Negro Unificado, com Marcelo Dias e Rosania Alves
Saias na Folia
Filhos de Baobah
As de Ouro – Arte e Saber
Somos 3
Jongo Folha de Amendoeira
Apresentação de dança Afro Muanza Mesu
Lado A
Sambaí
Bloco Afro Cultural Olodumaré
Dudu Nobre e Áurea Martins
Baile Black Bom
* DJ Samuray nos intervalo

Fonte: http://www.ofluminense.com.br