Dia de emoção na Liga dos Campeões

41fi-barcelona-liga-165822
Dia de emoção na Liga dos Campeões

O volante Paulinho é uma das armas do Barcelona para superar a Juventus, hoje, às 17h45, em Turim, na Itália, pela Liga

A penúltima rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa será concluída nesta quarta-feira (22), com a realização de oito partidas. Destaque para o Grupo D, que apresenta o clássico entre Juventus e Barcelona, que se enfrentam na Arena Juventus, às 17h45, em Turim, na Itália. O Barça, líder com dez pontos conquistados, precisa de um simples empate para garantir a classificação. Um triunfo porém é bem-visto para os espanhóis, que confirmariam a primeira posição.

Tendo perdido por 3 a 0 no primeiro turno, a Juventus precisa dar o troco para não ver a classificação ficar em risco. A Velha Senhora é a segunda colocada com sete pontos, mas é ameaçada pelo Sporting, que tem quatro pontos e deverá confirmar o favoritismo atuando diante dos seus torcedores no Estádio José Alvalade, em Lisboa, contra o lanterna Olympiacos, da Grécia, que tem um ponto.

PSG – Com a classificação assegurada para as oitavas de final, o Paris Saint-Germain tenta confirmar a primeira colocação diante de sua torcida, contra os escoceses do Celtic, no Estádio Parc dos Princes, em Paris. Com 12 pontos e cem por cento de aproveitamento, o time francês é favorito diante de um rival que tem três pontos e cumpre tabela. Com nove pontos e tentando tirar a primeira posição do PSG aparece o Bayern de Munique, que visita, na Bélgica, o lanterna Anderlecht, que sequer conseguiu pontuar até este momento.

O Manchester United, que lidera o Grupo A com 12 pontos e cem por cento de aproveitamento, já está praticamente classificado, mas precisa de um empate na Suíça, contra o Basel, para garantir a primeira colocação. Os suíços dividem a segunda posição com o CSKA Moscou, da Rússia, que joga diante de seus torcedores contra a decepção da Champions League até aqui: o Benfica, lanterna sem ter pontuado. 

Por fim tem os jogos do Grupo C, o mais equilibrado até aqui e que apresenta a Roma na liderança com oito pontos, um a mais que o Chelsea, seu perseguidor mais direto. Com três pontos, o Atlético de Madrid também pretende ingressar nesta briga, mas para isso vai precisar fazer a lição de casa diante de seus torcedores, no Estádio Wanda Metropolitano, em Madri.

 

Fonte: http://www.ofluminense.com.br