Educação iniciará ano letivo com novas ações

wagner-victerfoto-marcia-costa-4-cmyk-166306
Educação iniciará ano letivo com novas ações

Wagner Victer, Secretário de Educação do Rio de Janeiro

O novo ano letivo nas escolas da rede estadual começará com importantes investimentos e ações, além da ampliação da oferta de escolas de Ensino Médio Profissionalizante em Empreendedorismo em horário integral. Uma delas é o investimento total de de R$ 17 milhões que serão divididos entre as 445 escolas de responsabilidade da Secretaria de Educação do Estado do Rio de Janeiro. As novidades foram anunciadas pelo secretário Wagner Victer.

“Os diretores das unidades de ensino receberão o investimento, que é proveniente do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), já a partir deste mês (janeiro)”, afirmou Victer. 

Segundo o secretário, em 2018 será a implantado um projeto pedagógico, que levará o conhecimento e a prática da robótica aos alunos e professores da rede estadual. 

“Serão adquiridos kits com peças, ferramentas e outros instrumentos para que estudantes de mais de 500 escolas desenvolvam seus protótipos. Os docentes também receberão formação específica para apresentar a teoria do funcionamento, a montagem de um robô e, ainda, mostrar ao jovem como os conhecimentos da Matemática e de outras disciplinas estão associados a essa tecnologia”, explicou, acrescentando o investimento em erudição dos alunos da rede estadual. 

“A novidade é fruto de uma parceria que a Educação acaba de acertar com a Fundação Cesgranrio, que levará o conhecimento da música clássica às 1.250 escolas estaduais”.
 
Além das novidades, o secretário se mostra satisfeito com a procura e inscrição para as unidades de ensino.

“Conseguimos fazer toda essa operação complexa e informatizada com sucesso. Nós temos oferta de vaga superior à demanda até então. São 200 mil vagas além do que esperamos que sejam preenchidas. Temos mantido a média, com uma quantidade significativa também de alunos oriundos de escolas privadas, cerca de 14%. Quem não foi alocado terá uma nova oportunidade, até sexta-feira (19), quando ainda estará aberta a segunda fase da pré-matrícula”, conta, avaliando de forma positiva o ano de 2017 na rede estadual.

“Ao longo de 2017, fizemos um trabalho eficiente de gestão de recursos, o que é fundamental. Transcorremos o ano, mesmo diante desse cenário em todo o país, funcionando de maneira eficaz, cumprindo, inclusive, o índice constitucional de 25% da receita líquida. Diferente de outras redes, a maioria das nossas escolas conseguiu cumprir mais do que os 200 dias letivos, previstos por lei. E 2017 também foi o ano em que os alunos da rede estadual bateram recordes de participação em importantes competições, como as Olimpíadas Brasileiras de Matemática (OBMEP), por exemplo”.

Ainda de acordo com Victer, os mais 300 docentes convocados começam a atuar nas salas de aula a partir deste início de ano letivo. 

“A medida acontecerá em função do planejamento de demandas em diversas regiões, ou seja, os professores serão alocados nas escolas em que houver maior necessidade”, finaliza.

Fonte: http://www.ofluminense.com.br