Favoritas brilham na abertura do Superpraia

22vC3B4lei-de-praia-163955
Favoritas brilham na abertura do Superpraia

A técnica e a categoria das líderes do ranking nacional fizeram a diferença no primeiro dia de disputas do Superpraia

Em um dia sem sol, mas com muita emoção, a Praia de Icaraí foi o palco em que as principais estrelas femininas do vôlei de praia brasileiro entraram em ação. Nesta quinta (27) teve início o Superpraia 2017, evento que encerra a temporada nacional 2016/2017 da modalidade. E, nesta sexta (28), apenas as mulheres entraram em quadra. 

As quatro duplas que lideram o ranking do país confirmaram o favoritismo. Larissa/Talita (PA/AL), Ágatha/Duda (PR/SE), Taiana/Elize Maia (CE/ES) e Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) garantiram classificação direta às quartas de final do torneio, com duas vitórias cada. A cearense Taiana, que conquistou o título da primeira edição do Superpraia em 2014, justamente superando a atual parceira, comemorou o bom desempenho.

“É um grande prazer para mim estar no rol de campeãs deste torneio, uma honra. Nossa dupla começou bem, estamos sempre buscando evoluir nosso conjunto. No primeiro jogo (contra Érica Freitas e Neide) fizemos tudo que havíamos planejado. Já no segundo jogo (contra Val e Ângela) enfrentamos uma dupla mais experiente e soubemos ter a clareza e a tranquilidade para definirmos nos momentos importantes. Agora vamos subindo um degrau de cada vez”, contou Taiana que ainda explicou que o nível da competição em Niterói também serve como preparação para o Circuito Mundial, que já em maio, entre os dias 17 e 21, terá etapa no Parque Olímpico.

“O Circuito Mundial vai começar realmente agora para a gente. Estamos mais bem preparadas técnica, física e mentalmente, e o Superpraia é um torneio muito difícil. Aqui poderemos mensurar o quanto estamos preparadas e o que precisaremos melhorar. É um preparatório para o Mundial, temos muitas duplas firmes na mesma busca, temos que conquistar um passo de cada vez”, completou a cearense.

Em parceria ainda recente com a bicampeã do Superpraia Ágatha, a jovem Duda aproveita a experiência da companheira para também chegar ao lugar mais alto do pódio.

A repescagem, que acontece no final da manhã desta sexta-feira (28/04), terá os seguintes jogos: Rachel/Izabel (RJ/PA) x Lili/Josi (ES/SC); Juliana/Carol (CE/RJ) x Érica Freitas/Neide (MG/AL); Val/Ângela (RJ/DF) x Maria Elisa/Carol Horta (PE/CE); e Renata/Thati (RJ/PB) x Tainá/Victória (SE/MS). Antes, às 8h, terá início a disputa do torneio masculino do Superpraia.

 

 

Crianças tiveram contato com o ambiente da etapa do vôlei de praia, em Niterói

Alunos participam de oficina do Superpraia 

Os craques do vôlei de praia que participaram na quinta-feira (27) da fase classificatória do Circuito Banco do Brasil Vôlei de Praia, o SuperPraia, na Praia de Icaraí, tiveram uma torcida especial: duzentas crianças do ensino fundamental das escolas municipais Elvira Lucia Esteves de Vasconcelos e Julia Cortines. A garotada torceu, fez coro, ganhou elogio dos atletas e ainda teve direito a participar de uma oficina de vôlei montada ao lado da arena principal dos jogos, com integrantes da Confederação Brasileira de Vôlei.

O dia acabou para esses pequenos alunos com sorrisos e alguns dos pequenos participantes garantindo que no futuro irão treinar e ser um campeão do vôlei.

“Se deixassem eu já ia para o meio dos jogadores agora, mas como ainda sou pequeno não posso. Mas quando crescer vou treinar jogar muito vôlei e ser campeão” garantia o pequeno João Victor Correa Esteves de sete anos.

Ele participou com os colegas das aulas de iniciação com toques de bola e muitas tentativas de saques. O que valeu foi a participação e contato com o esporte.

“Para esses alunos é muito importante em vários sentidos à participação de oficinas como essas. Além da parte pedagógica existe uma parte de socialização. Muitos deles não teriam essa oportunidade. Além disso, aprender a conviver e gostar do esporte  é importantíssimo para o crescimento e formação desses alunos” destacou a diretora do colégio escola municipal Elvira Lucia Esteves de Vasconcelos.

As oficinas ocorreram na arena montada entre as ruas Otávio Carneiro e Belizário Augusto, com a orientação de instrutores da CBV. Nos intervalos dos jogos as crianças eram estimuladas a cantar com os locutores e ainda recebiam parabéns ao microfone dos atletas que estavam na arena entre eles da jogadora Ágatha/Duda (PR/SE), que faz dupla com Larissa/Talita (PA/AL), e que garantiram a classificação direta às quartas de final do torneio , com duas vitórias. 

“É isso ai garotada .Que bacana vocês estarem nos assistindo. A torcida de vocês é muito boa . Vamos lá estão ajudando os jogadores “ dizia Ágatha.

Fonte: http://www.ofluminense.com.br