Greve adia retomada das aulas na Uerj

31fd-uerj-img9306-164968
Greve adia retomada das aulas na Uerj

Aulas, que seriam retomadas nesta terça, só voltam quando salários dos professores forem depositados, afirma categoria

Previstas para recomeçarem nesta terça-feira (1º), as aulas na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) não serão retomadas conforme determina o calendário letivo. Com salários de docentes e bolsas de alunos atrasados há meses, servidores decidiram dar início, nesta terça-feira, a uma greve geral até que o 13º salário de 2016 e os salários de maio e junho sejam quitados. A greve havia sido definida em assembleia no começo de julho, e como nesse meio tempo o Estado não fez o depósito dos atrasados, a categoria decidiu cruzar os braços, informou a Associação dos Docentes da Uerj (Asduerj). 

No começo de julho, a diretora da Faculdade de Formação de Professores (FFP), unidade gonçalense da Uerj, Ana Maria Santiago, havia dito que, persistindo a complicada situação salarial e de custeio, as aulas dificilmente voltariam. E foi o que aconteceu. Com os docentes sem pagamento integral desde maio, a FFP seguiu a orientação da Asduerj e não retomou o calendário letivo. 

Graduanda do sexto período de História, Kelly Cristina de Souza, de 23 anos, contou que os prejuízos com os atrasos no calendário atingem de forma drástica os estudantes. 

“Estamos há três meses sem receber bolsa permanente. Muitos alunos não moram em São Gonçalo e precisam do dinheiro para a passagem. Quando as aulas voltam, os professores são obrigados a correr com as matérias para cumprir cronograma, cortam textos”, lamentou. 

Sem recursos – No final do mês passado, o governador Luiz Fernando Pezão estimou que o Estado vai conseguir atualizar os pagamentos dos servidores ainda neste mês. O governo estadual está negociando a venda da folha de pagamentos, o que, segundo ele, representará um “valor significativo”. 

“A gente espera muito atualizar os pagamentos dentro do mês de agosto. Nós temos uma operação de venda da folha de pagamento que a gente acredita vai dar um valor significativo. Acho que vai ter uma boa disputa. Então, a gente está contando com estes recursos para colocar a folha em dia, no mês de agosto”, declarou na ocasião.

Nova reunião – Para esta terça, às 14h, está marcada nova assembleia da Associação dos Docentes da Uerj, no Campus Maracanã. 

Fonte: http://www.ofluminense.com.br