Guardas participam de capacitação no Parque das Águas

bea3538-165772
Guardas participam de capacitação no Parque das Águas

Guardas municipais recebem aula de rapel

Dezoito guardas municipais de Niterói participaram, na manhã deste sábado (18), de um exercício de rapel, no Parque das Águas. A atividade faz parte do 1° Curso de Especialização em Ações Táticas, realizado pela Secretaria de Ordem Pública de Niterói (Seop), e aplicado por especialistas em operações especiais. A iniciativa, que vai durar cerca de um mês, tem o objetivo de oferecer capacitação para aprimorar o tipo de abordagem, ampliar o conhecimento, identificação e mediação de conflitos.  

Durante três horas e meia de atividade, os agentes passaram por treinamento para atender à operações que exijam o uso do rapel. O secretário municipal de Ordem Pública, Gilson Chagas, frisou que o curso integra as iniciativas para ampliar cada vez mais o nível de preparo dos guardas municipais.

“Estamos chegando à metade do curso, o melhor de ações táticas para guardas do Rio de Janeiro. Nossos guardas já tem alto nível de preparo, e queremos que estejam especializados também para ações táticas”, disse.
Com 15 anos de experiência na Guarda Municipal, o subinspetor Paulo Brito lembrou que, após passar por seleção, os guardas participam de forma voluntária do curso. Ele ainda frisou a importância de atividades como a deste sábado para operações especiais.

“A equipe está sendo capacitada para qualquer tipo de adversidade, aprendemos técnicas de abordagem, segurança de autoridade, defesa pessoal. Eu já fazia parte da Guarda na tragédia do Bumba, e acho que poderíamos ter ajudado mais nos resgates se na época já estivéssemos aptos para o rapel, por exemplo”, defendeu.

A especialização visa preparar guardas para atender ocorrências de alta complexidade, como atividades de risco em áreas urbanas, atuar nas missões e atividades desempenhadas pela Coordenadoria de Ações Táticas (CAT), apoiar todas as demais coordenadorias especializadas e regionais da Guarda Municipal de Niterói e também a outros órgãos municipais, como a Defesa Civil, e em casos de emergência. A atividade contou com quatro monitores, entre eles, o cabo Abud.

“Os alunos passaram por um exercício em um rapel de 38 metros de altura. Todos com desempenho excepcional, preparados para chegada em situações de risco”, elogiou.  

Durante os trinta dias do Curso de Especialização em Ações Táticas, os agentes estão trabalhando tanto a parte física como psicológica. Os treinamentos incluem, entre outros, resistência na mata, utilização de equipamentos tecnológicos e técnicas diversificadas que podem ser utilizadas no dia a dia da Guarda, e estão sendo realizados em diversos pontos de Niterói e Rio de Janeiro.   

A capacitação faz parte do Programa de Qualificação Permanente da Guarda, que está sendo implantado pela Diretoria de Ensino e Pesquisa da Seop com orientação de especialistas com experiência em situações de crise, e a forma estratégica de atuação. O corpo docente tem também a participação de médicos, psicólogos, bombeiros militares, integrantes do SAMU e do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar (GAM).

Além disso, as aulas aprimoram a capacitação técnica, física e psicológica para o cumprimento de missões de natureza não convencional, que exijam comportamento e habilidades específicas. São testadas a capacidade de resistência à fadiga muscular, também chamada de fadiga física, a fadiga mental ou psicológica e a fadiga sensorial. Ao longo do curso será ministrado condicionamento para o cumprimento às ordens, demonstrando disciplina, espírito de equipe e controle emocional acima da média.

Fonte: http://www.ofluminense.com.br