Itaboraí tem novo secretário de Segurança e Defesa Civil

kdhi-165046
Itaboraí tem novo secretário de Segurança e Defesa Civil

Luiz Alberto Mendonça assumiu a secretaria de Segurança e Defesa Civil no início do mês

A Prefeitura de Itaboraí já conta com um novo gestor na pasta de Segurança e Defesa Civil. O novo secretário, o subtenente da reserva da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ), Luiz Alberto Mendonça assumiu a secretaria no último dia 1º de agosto, e na manhã desta segunda-feira (14), no Esporte Clube Comercial, se reuniu com a equipe com os integrantes da Secretaria.

Ao todo, aproximadamente 100 guardas municipais participaram da reunião, onde o secretário falou sobre os desafios, metas e objetivo da corporação, além de ouvir os integrantes da Secretaria. E ressaltou ainda os empecilhos, como, por exemplo, a crise financeira que o país vive, contribuindo para as dificuldades de alavancar a segurança no Estado.

“Mesmo diante da crise financeira que o Estado do Rio de Janeiro vem enfrentando, e os municípios se arrastando, não podemos esquecer que somos profissionais e temos o dever de desempenhar o nosso trabalho da melhor maneira possível. Além da obrigação de servir bem a população, com dignidade e pautados na lei. Contem comigo para fazer a “máquina” funcionar e um governo excepcional”, disse o secretário Mendonça.

O secretário falou ainda sobre a sua carreira de 31 anos na PMERJ, sendo 27 deles no 35º Batalhão de Polícia Militar, em Itaboraí. Em toda sua trajetória, o policial nunca foi punido e sequer teve seu nome envolvido em questões ilícitas. Segundo o novo secretário, esta deve ser uma das razões de ter sido convidado pelo prefeito de Itaboraí, Dr. Sadinoel Souza, para gerir a pasta de Segurança e Defesa Civil.

Para José Justino Bárbara, que está há 28 anos na Banda da Guarda Municipal, o novo secretário tem bagagem para fazer o que outros não fizeram. “O conheço há bastante tempo e posso dizer que é uma pessoa íntegra e de caráter. Espero que a Guarda Municipal mude para melhor, incluindo nosso plano de cargo de salário”, disse Justino.

Fonte: http://www.ofluminense.com.br