Julio e Campello selam união que pode derrotar Eurico

img-20171030-wa0013-165510
Julio e Campello selam união que pode derrotar Eurico

Júlio Brant e Alexandre Campello com os ídolos do Vasco: Pedrinho, Felipe e Mauro Galvão

Os candidatos a presidência do Vasco, Júlio Brant, da Sempre Vasco, e Alexandre Campello, da Frente Vasco Livre, selaram a união das chapas de forma oficial na noite desta segunda-feira (30). Em um evento na Tijuca, os candidatos anunciaram o acordo, que pode colocar fogo nas eleições cruz-maltinas, que ocorrerá no dia sete de novembro.

Cerca de 800 pessoas estiveram presentes. Entre elas, Felipe, Pedrinho e Mauro Galvão, ídolos do Vasco e que apoiam Brant. De acordo com ele, que na composição será o presidente de chapa, as conversas evoluíram porque ambas as chapas se preucupam em “resgatar o Vasco” dos atuais problemas. “Nós sempe idealizamos a verdadeira união. Não a adesão. Esse sentimento de resgatar o Vasco foi construído com base na confiança e respeito das duas chapas. O desejo do torcedor vascaíno motivou essa união pel vitória. Com essa força, vamos juntos para ganhar a eleição dia 7”, expilcou o candidato.

Alexandre Campello, agora vice-presidente da chapa Sempre Vasco Livre, nome adotado após a junção, detaca que a unidade é capaz de tirar o “principal opositor” do comando do clube.

“O Vasco nasceu pela união do branco, do negro, do português, do pobre e do rico. Quando começamos esse projeto, há cerca de um ano, entendemos que era fundamental a unidade. A partir do momento que assumi o compromisso de vir como presidente, dois objetivos eram fundamentais: a união e um projeto de gestão. O nosso grande opositor está sentado do outro lado. Essa união vai nos dar a vitória. Quero conclamar os vascaínos para comparecer à eleição e fazer com que ela seja um marco na história do clube”, conta.

Pesquisa – ​De acordo com uma pesquisa feita pelo Instituto GPP, publicada pelo Esporte Interativo nesta segunda, os números mostram que a união das chapas pode surpreender. Nela, o candidato de situação, Eurico Miranda (Reconstruindo o Vasco), aparece à frente com 31,7% das intenções de voto, seguido por Julio Brant (Sempre Vasco), com 23,9%, Fernando Horta (Mudança com segurança), com 14,9%, e Alexandre Campello (Frente Vasco Livre), com 13,7%. Os indecisos ou não responderam representam 15,8%. Ou seja, a junção das chapas poderia ultrapassar o primeiro colocado. As eleições presidenciais do Vasco acontecem no dia 7 de novembro, contando com três postulantes ao cargo: Eurico Miranda, da chapa “Reconstruindo o Vasco”, Julio Brant, da “Sempre Vasco”, e Fernando Horta, da “Mudança com Segurança”. 

Fonte: http://www.ofluminense.com.br