Justiça nega recurso e urna 7 segue sem valer para eleição

41fj-vasco-2_2-166318
Justiça nega recurso e urna 7 segue sem valer para eleição

O presidente Eurico Miranda esta próximo de deixar o comando do cruz-maltino após ter mais um recurso negado na Justiça

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) recusou nesta terça-feira (16), o mandando de segurança impetrado pela atual diretoria do clube para que os votos da urna 7  – com suspeita de fraude nas inscrições de sócios- valessem. Com isso, a chapa “Sempre Vasco”, encabeçada por Julio Brant segue como favorita para assumir o clube.

Na decisão, o STJ argumentou que indeferiu o pedido “em face da incompetência absoluta do Superior Tribunal de Justiça para o conhecimento e julgamento do feito”, ou seja, o caso nãos erá levado para a relatora Nancy Andrighi. A diretoria comandada por Eurico Miranda, da chapa ‘Reconstruindo o Vasco” já entrou com agravo regimental no próprio STJ, mas o recurso só devrá ser julgado após o recesso do tribunal, em fevereiro.

A chapa de Julio Brant irá indicar 120 nomes para o Conselho enquanto a de Eurico indicará 30 nomes. Esses se juntam a outros 150 conselheiros natos que irão eleger o presidente, a diretoria administrativa e a nova mesa do Conselho Deliberativo. A expectativa aumentou após o grupo de Alexandre Campello, a Identidade Vasco, candidato a vice da Chapa “Sempre Vasco”, ter decidido sair da diretoria executiva após alegar falta de diálogo com o grupo de Brant. 

Copinha – O Palmeiras garantiu presença nas quartas de final da Copa São Paulo durante a tarde desta terça. No Estádio Joaquinzão, em busca do título inédito no tradicional torneio de juniores, a equipe alviverde passou de fase ao vencer o Vasco por 2 a 0.

Após um início equilibrado, o Palmeiras tomou o domínio das ações em Taubaté. Logo no começo da partida, Luan cobrou arremesso lateral pela esquerda, Papagaio desviou de cabeça e José Aldo completou. O zagueiro Ulisses, atento, evitou o gol.

Acuado pelo Palmeiras, o Vasco procurou levar algum perigo em jogadas de contra-ataque e chutes de fora da área. Na melhor chance do time cruz-maltino durante o primeiro tempo, Hugo Borges completou de meia-bicicleta após cruzamento da direita e o goleiro Anderson espalmou. 

A equipe alviverde finalmente conseguiu inaugurar o marcador aos 41 minutos do primeiro tempo, em jogada iniciada pelo lado esquerdo. Luan tocou para Papagaio e correu para dentro da área. O atacante aplicou drible de corpo em Ulisses e cruzou para o mesmo Luan bater cruzado, indefensável para Alexander.

Precisando do empate para evitar a eliminação, o Vasco voltou mais atento para o segundo tempo. No início da etapa complementar, Robinho limpou a marcação na entrada da área e chutou no travessão da meta defendida por Anderson. 

O Palmeiras praticamente garantiu a classificação às quartas de final aos 32 minutos do segundo tempo. Yan recebeu arremesso lateral de Mailton pela direita e cruzou na medida para cabeçada certeira do artilheiro Fernando, responsável por cinco gols no torneio.

Fonte: http://www.ofluminense.com.br