Beatriz Rabello “Carnaval de Salão” no Teatro da UFF [17 e 18/02]

02-beatriz-300x214-162424

Grandes clássicos do Carnaval, entre marchinhas, sambas rancho e sambas enredo estão no show CARNAVAL DE SALÃO, com Beatriz Rabello no Teatro da UFF. Sucessos como “Abre alas”, “Aurora”, “A jardineira”, “Foi um rio que passou em minha vida”, “Me deixa” e “De babado, sim” estão no repertório.

 

O Carnaval não é uma festa genuinamente brasileira. Dizem até que se iniciou na Grécia, com a “saturnália” e também com as festas de Baco, e que Paris divulgou para o mundo. Com isso já conseguimos ter uma ideia do quanto o Brasil se apossou dessa festa mundial, tanto que hoje o Rio de Janeiro tem o maior carnaval do planeta. Dizem…

Pensando por esse lado, Beatriz Rabello e o grupo Mulato Velho decidiram criar um show intitulado “Carnaval de Salão”, com arranjos originais para grandes clássicos do Carnaval, entre marchinhas, sambas rancho e sambas enredo. Sucessos como “Abre alas”, “Aurora”, “A jardineira”, “Foi um rio que passou em minha vida”, “Me deixa” e “De babado, sim” estão presentes no repertório do show que todo mundo vai querer cantar junto e sambar também, se quiser.

Beatriz Rabello, cantora e atriz, traz a música no sangue. Filha de Paulinho da Viola, neta de Cesar Faria (violonista já falecido, que integrou o lendário grupo Época de Ouro), sobrinha de Raphael Rabello (violonista morto em 1995), herdou do pai, do avô e do tio a paixão pelo samba, pelo choro e pela música brasileira.

Beatriz Rabello tem feito importantes trabalhos sobre o tema. Destacam-se o musical “É com esse que eu vou”, “Sassaricando – E o Rio inventou a marchinha”, “Alô Alô, Carmen Miranda” e Espetáculo “SamBra –100 anos de samba”.

O grupo Mulato Velho surgiu em torno de uma mesa, tocando, cantando, comungando o prazer da companhia, fazendo despertar os sentidos, celebrando a vida no que ela tem de melhor. Fundado em maio 2004 por músicos, compositores, brasileiros de altíssima competência, posicionados dentre os mais importantes da nossa música. O grupo sempre faz de seus shows uma grande gafieira executando choros, sambas, forrós, e outros gêneros da nossa musica brasileira.

Data: 17 e 18 de fevereiro 
Sexta e Sábado – 20h
Teatro da UFF
Rua Miguel de Frias, 9, Icaraí – Niterói/RJ

Ingressos: R$ 40 | R$ 20 (meia)
Classificação etária: 10 anos

Fonte: Nikity App