Mande o seu recado

Mande o seu recado

 
 
 
 
 
 
 
Fields marked with * are obligatory.
Your E-mail address wil not be published.
For security reasons we save the ip address 54.224.155.169.
It might be that your entry will only be visible in the guestbook after we reviewed it.
We reserve our right to edit, delete, or not publish entries.
Leo VicenteLeo Vicente do bairro Fonseca escreveu em agosto 23, 2011 em 6:25 am:
“Um local organizado, porem limpo”“Um local organizado, porem limpo”

Hoje a nossa administração tem uma prerrogativa de regime jurídico, onde prevalece a supremacia do interesse público, interesses estes ditados por lei, por normas ou até por algum tipo de decreto, mostrando que a administração pública, direta e indireta e de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios obedecerão aos princípios de legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência e outros como da motivação e da autotutela; contudo, não se abstendo da sua responsabilidade, pois sua responsabilidade é objetiva.
Art. 37§6 CF” As pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado prestadoras de serviços públicos responderão pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros, assegurado o direito de regresso contra o responsável nos casos de dolo ou culpa.
Poderá Administração Pública, através de poderes instrumentais concedidos pela lei ao Estado de maneira discricionária, escolher dentre os limites da lei, e seus parâmetros, aplicar as conveniências e as oportunidades na execução do ato administrativos no caso concreto.
Baseado em um dos aspectos da Administração Pública onde o poder de policia administrativo é o poder que a administração tem de restrição ao exercício de liberdade individual ao uso, gozo e disposição da propriedade privada para garantir o interesse público. Supremacia de interesse público criando restrição ao direito individual, ou seja, prevalece o direito do Estado (coletividade), do que o direito do particular.
Com todo esse entendimento, a Administração, através de um caso concreto nos deu a entender que houver uma má execução da obra pública em um conflito de interesse da coletividade, ou melhor do Estado.
Desde da década de1980 existia uma área reservada e apropriada, para lixo, com uma caçamba que o caminhão vinha coletar nos dias marcados (Ter./Qui./Sáb. de 7:00 às 15:00), que ficava encostado no muro do convento ao lado do portão de garagem, na rua Tenente Osório, para que os moradores desta Rua e de outras travessas como os da Travessa Sergipano, Travessa Bahia e alguns moradores da redondeza, depositassem seus lixos de forma adequada e higiênica. O local que ficava a caçamba fazia com que os lixos não ficassem espalhados pela rua, por mais insuficiente que fosse, transbordava, mas atendia a população.
Acontece que a prefeitura por algum motivo de beleza ou aparência retirou as caçambas de lixo do local mencionado e fez uma “praça”, ou seja, colocou alguns banquinhos na calçada.
O grande problema não esta na praça, até porque precisamos melhorar o nosso habitat, fazendo com que o desenvolvimento e o desempenho de melhoria apareçam. Mas existe o principio da continuidade dos serviços públicos, onde o Estado, nesse caso nossa prefeitura, é obrigado a não interromper a prestação dos serviços que disponibiliza. E esse serviço de fornecimento de caçamba, ou seja, um local apropriado para depositar o lixo não pode parar de ter continuidade.
Hoje na Rua Tenente Osório não existe local adequado para que o lixo seja depositado, a rua sempre se encontra com lixos espalhados palas calçadas.
É de fato lembrar que o caminhão de lixo não sobe nas travessas para buscar os lixos, por isso é necessário um local adequado na Rua Tenente Osório como sempre houve.
A eficiência é o princípio que norteia toda a atuação da administração Pública e determina que a mesma deva agir de modo rápido e preciso, para produzir resultados que satisfaçam as necessidades da população. Lembrando-se que a mesma não depende de regulamentação para ser aplicada.
A Administração possui a faculdade de rever os seus atos, de forma a possibilitar a adequação desde a realidade fática em que atua, e declarar nulos os efeitos dos atos eivados de vícios quando á legalidade. Sumula 346 STF.
Por isso nós (comunidade), solicitamos essa urgência de um novo local para que os lixos espalhados deixem de estar e a rua passe a ficar mais limpa.

OBS. De forma evidências, através das fotos que não conseguimos publicar, mostramos a realidade de todo o acontecimento ocorrido após a retirada das caçambas de lixo, ou seja, o local onde a coletividade depositava seus resíduos.
Com tudo isso, a falta de continuidade dos serviços Públicos, de suprir a necessidade desta comunidade, ainda continua.
TourãoTourão da cidade de(o) Niterói escreveu em agosto 19, 2011 em 12:21 am:
LADRÃO DE ESTEPE DE VEÍCULOSAtenção Srs. Motoristas ao estacionarem seus veículos na Travessa Carlos Gomes,( Entrada por trás da LEROY MERLIN ), Tem um ladrão safado,pilantra,vagabundo que merece um corretivo daqueles , para alejar mesmo, quando for pego em fraglante !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Vamos ficar em alerta!!!!!!!!!!!
LACARVLACARV da cidade de(o) Niterói escreveu em agosto 16, 2011 em 8:23 pm:
O ROCK renasce em rádio do Rio de Janeiro?Aviso a todos os Rockers. Luiz Antonio Mello e LACARV, trazem de volta o ROCK para o Dial do Rio de Janeiro com o Programa LAM House.
No ar pela Rádio FLUMINENSE 540 AM, toda segunda, terça e sábados às 23hs, transmitindo uma programação exclusivamente ROCK.
A Fluminense FM "MALDITA" foi pioneira em lançar as grandes bandas do ROCK Brasil; contamos com a ajuda e a arte das bandas que fazem o verdadeiro ROCK hoje para divulgação do projeto.
Queremos ter acesso a material(músicas, press-release e etc.) da sua banda, para avaliar a possiblidade de veiculação em um dos Programas Lam House.
Segue link para o blog do programa, que contém os podcasts dos programas passados e informações diversas:
http://programalamhouse.blogspot.com/
 
Felipe SchrammFelipe Schramm do bairro Fonseca escreveu em agosto 11, 2011 em 9:06 pm:
Não ao viaduto Fico surpreso, indignado e revoltado que um Arquiteto Urbanista, professor da UFF, tenha dito que só existe uma solução, para o caos do Fonseca, que é a construção de um monstro de concreto sobre o canal da Alameda. Não acredito que algum funcionário da CCR, prefeitura ou algum político eleito pela população do Fonseca que morasse em nosso bairro, aceitaria uma construção estúpida dessa. Enquanto que no Rio estão demolindo viadutos que só degradam a cidade, em Niterói idéias retrógradas surgem como se fossem as melhores do mundo. Se a população da região oceânica almeja uma melhoria em sua qualidade de vida, eu como morador do Fonseca também quero. Quero uma Alameda mais arborizada, mais segura, com menos poluição e mais lazer (revitalização do Horto já). A abertura do túnel de Charitas é uma ótima idéia, mas alguém pensa em construir um viaduto sobre a Av. Roberto Silveira? Tenho certeza que os moradores de Icaraí iriam ficar indignados. Niterói é uma cidade pequena cercada de morros com ainda uma boa vegetação, não devemos compará-la a uma metrópole porque não é. Agora é a hora de nossa população se juntar e ao lado de políticos inteligentes, pessoas criativas e que realmente amam esta terra, para darmos soluções ao caos que vivemos hoje. O investimento em transportes de massa realmente eficiente (metrô, VLT entre outros) com estações modernas bem localizadas e seguras, ai sim, são boas idéias na qual colocaria Niterói com uma VERDADEIRA qualidade de vida.
RenataRenata do bairro Fonseca escreveu em agosto 4, 2011 em 12:12 am:
MobilizaçãoMarcos Silva,
acho que além de uma mobilização por jornais, sites, emails, precisamos de uma associação de moradores, algo concreto para mobilização e para elaboração de um abaixo assinado. Uma associação tem um poder maior , ate pq apesar da população ser contra a maneira como o prefeito trata o bairro, a maioria são trabalhadores que chegam em casa tarde, nao tem tempo para mobilizações, passeatas e afins.
è uma ideia para solucionarmos nossos problemas.
Att
Renata
RenataRenata do bairro Fonseca escreveu em agosto 4, 2011 em 12:10 am:
MobilizaçãoMarcos Silva,
acho que além de uma mobilização por jornais, sites, emails, precisamos de uma associação de moradores, algo concreto para mobilização e para elaboração de um abaixo assinado. Uma associação tem um poder maior , ate pq apesar da população ser contra a maneira como o prefeito trata o bairro, a maioria são trabalhadores que chegam em casa tarde, nao tem tempo para mobilizações, passeatas e afins.
è uma ideia para solucionarmos nossos problemas.
Att
Renata
RenataRenata do bairro Fonseca escreveu em agosto 4, 2011 em 12:05 am:
Melhorias no FonsecaPrecisamos nos unir para nao permitir a construção do elevado. Nao sei o percentual para um abaixo assinado, mas com certeza temos muitos moradores niteroiense no fonseca. É preciso uniao de todos já que nosso prefeito só faz melhorias para bairros da zona sul por espontanea vontade. A segurança, iluminação , limpeza e manutenção são pessimas, e precisamos reclamar e exigir nossos direitos. Acho que se nao houver a mobilização, seja para a nao construção de um viaduto ou para outros problemas, seremos sempre tratados de forma marginalizada. É preciso conscientizar os moradores do fonseca de que se reclamarmos as coisas melhoram.
Deixo aqui meu apoio contra qualquer forma de degradação do bairro fonseca.
att
Renata
Marcos SilvaMarcos Silva do bairro Fonseca escreveu em agosto 2, 2011 em 5:11 am:
Fora Viaduto do FonsecaOlá.  
Caros,
 
peço para que por favor iniciem uma campanha de divulgação no jornal contra qualquer proposta de construção de viadutos em nosso bairro. A prefeitura quer jogar de Icaraí para o Fonseca todos os carros que hoje engarrafam a Avenida Roberto Silveira. Esse prefeito só pensa em Icaraí e ainda quer destruir com o Fonseca! Imagine as pessoas que moram no bairro, o valor de nossas residências, o comércio do bairro que começa a crescer com a vinda de novas lojas, o Bando do Brasil e Santander que vão se instalar aqui, a sede da NET Niterói, o prédio comércial da 22. Enfim, nosso bairro está se desenvolvendo e JORGE ROBERTO SILVEIRA quer transformá-ló em um Rio Comprido! Não vamos permitir! Informe a população e divulgue o que querem fazer com nosso bairro. Desde já, obrigado. Marcos Silva.
PlievolmPlievolm do bairro Engenhoca escreveu em julho 17, 2011 em 2:18 pm:
Driving LessonDriving Lessons am only commenting to let you understand of the superb encounter my wife's child found visiting your web site. She discovered several things, not to mention what it's like to possess an ideal helping style to make others really easily know various tortuous issues. You really exceeded our expected results. Thank you for providing such invaluable, safe, edifying and in addition cool guidance on this topic to Sandra.
Claudio LuisClaudio Luis do bairro Engenhoca escreveu em julho 9, 2011 em 7:50 am:
PanchoFui proprietario durante 6 anos de um bar na Francisco Sardinha,que era conhecido como Adega,tinha chuveiro do lado de fora e era o centro de reunião da rapaziada na época ( 1994),procuro encontrar alguns amigos :
Pancho,Marcelão, Vinicius (filho do barba),pão doce,mc chocolate entre outros. Meu tel é 78383858.
Parabens pelo site.