Marquinho terá que operar e voltará a desfalcar o Fluminense

Marquinho terá que operar e voltará a desfalcar o Fluminense

O drama do meia Marquinho no Fluminense está longe de acabar. O clube informou que o jogador, que no treino de domingo machucou o joelho direito, terá que passar por uma nova cirurgia no local. O atleta já tinha encarado um procedimento cirúrgico em julho para correção de uma tendinite patelar e vinha mostrando boa recuperação. Na quarta-feira da semana passada ele foi relacionado para a derrota de 3 a 1 para o Corinthians. Marquinho não joga uma partida oficial pelo Fluminense desde 25 de junho deste ano, no empate por 1 a 1 com o São Paulo na capital paulista.

No treino de domingo, segundo Abel Braga, os jogadores presenciaram uma cena muito forte quando o jogador se machucou. O treinador comentou o episódio após a vitória de 2 a 0 sobre a Ponte Preta na segunda-feira.

“Os jogadores entraram em campo contra a Ponte Preta soando. Não falei errado não. É soando mesmo e não suando, de transpirar. Estavam soando os gritos do Marquinho no treino de domingo. A rótula subiu para a coxa e o médico teve que colocar no lugar, com ele berrando. Particularmante nunca tinha visto uma lesão dessas”, disse Abel.

O treinador lamentou a má sorte do elenco.

“Vamos para a décima cirurgia em um período inferior a um ano”, lamentou o treinador, que também viu o zagueiro Gum passar por duas cirurgias este ano, enfrentando drama semelhante ao vivido pelo apoiador.

Sem Marquinho, o Fluminense volta a campo pelo Campeonato Brasileiro no próximo sábado, às 17h (de Brasília), quando recebe o Sport no Maracanã, pela penúltima rodada. O time será definido nas últimas atividades da semana.

Cavalieri – Prestes a completar 35 anos, o goleiro Diego Cavalieri alcançou uma marca importante pelo Fluminense. Na vitória diante da Ponte Preta, o experiente arqueiro chegou a 350 jogos pelo clube e recebeu uma homenagem do Tricolor. “São anos escrevendo história. Sempre fechando o gol. Parabéns e obrigado pelas belas defesas e grandes conquistas”, descreveu. 

Fonte: http://www.ofluminense.com.br