Ricciardo domina treinos livres para o GP da Hungria

fC3B3rmula-1_2-164921
Ricciardo domina treinos livres para o GP da Hungria

O australiano Daniel Ricciardo mostrou talento e com o tempo de 1min18s455 liderou os treinos livres na Hungria

Daniel Ricciardo voltou a marcar o melhor tempo de sexta (28), em Hungaroring, no segundo treino livre para o GP da Hungria de Fórmula 1. Depois de ser o mais rápido na primeira sessão, o piloto australiano provou que está realmente

em um bom dia e desta vez cruzou a linha de chegada em 1min18s455 para colocar a Red Bull novamente no topo. 

Quem se recuperou do tempo relativamente ruim do primeiro treino livre foi Sebastian Vettel, que encerrou a prática na sexta posição. O líder do Mundial cravou 1min18s638 para manter a Ferrari em segundo lugar, já que na sessão anterior Kimi Raikkonen foi quem ficou logo atrás de Ricciardo.

Valtteri Bottas, da Mercedes, também mostrou boa desenvoltura no traçado de Hungaroring e encerrou o dia com o terceiro melhor tempo (1min18s656). Seu conterrâneo, Kimi Raikkonen, ficou logo atrás, com a quarta colocação, cruzando a linha de chegada em 1min18s755.

Felipe Massa, que encerrou a primeira sessão com o 11º tempo, foi ainda pior no segundo treino livre em Mogyorod. O piloto brasileiro deu 14 voltas no circuito, mas garantiu apenas a 15ª colocação ao cravar 1min20s869.

O jovem holandês Max Verstappen, companheiro de Daniel Ricciardo na Red Bull, caiu duas posições e encerrou o segundo treino livre na sexta colocação. Começando com pneus macios e posteriormente correndo com supermacios, o garoto de 19 anos registrou sua volta mais rápida em 1min18s951.

Fernando Alonso manteve a média com a McLaren, se estabelecendo na oitava colocação (1min19s815). Na sessão anterior, o piloto bicampeão mundial com a Renault, em 2005 e 2006, ficou em sétimo lugar, seguido do seu companheiro de equipe Stoffel Vandoorne, que desta vez ficou em décimo. 

Massa – A sexta-feira não foi nada boa para Felipe Massa. Após o segundo treino livre em Hungaroring, na Hungria, o brasileiro passou mal e foi prontamente levado para centro médico do circuito. Fora os sintomas, o piloto da Williams também teve de lidar com marcas ruins nas duas sessões, além de rodar duas vezes no traçado. 

Terminando a segunda sessão apenas com o 15º melhor tempo, Felipe Massa transitou pelo paddock, porém, não concedeu entrevistas. Devido ao mal-estar, o brasileiro passou pelo centro médico por precaução e, posteriormente, foi levado a um hospital em Budapeste para um check-up. A tendência, no entanto, é que ele esteja presente nos treinos deste sábado, quando será definido o grid de largada para a prova de domingo.

Massa segue enfrentando dificuldades em seu retorno à F1. Tida como a quinta força da categoria atualmente, a Williams sofre para fazer frente até à Force India, quarta colocada no Mundial de construtores. Nesta sexta-feira, além do brasileiro ficar com o 11º tempo na primeira sessão e 15º na segunda, seu companheiro, Lance Stroll, também não teve um desempenho satisfatório – cravou o 15º tempo no primeiro treino e o 14º no segundo.

Fonte: http://www.ofluminense.com.br