Segunda de trânsito complicado em Niterói

trC3A2nsito2_1-165234
Segunda de trânsito complicado em Niterói

Na Ponte Rio-Niterói, o trânsito também é lento em direção ao Rio dos acessos até a Ilha de Mocanguê

Motoristas que seguiam em direção ao Centro de Niterói durante a manhã desta segunda-feira (04) precisaram de um exercício de paciência. Problemas foram registrados nas principais vias de acesso a cidade, como BR-101, que registrou cerca de 14 km de congestionamento, Alameda São Boa Ventura e Ponte Rio-Niterói, além do próprio Centro – que teve retenção pelo menos até às 9h.

Na BR-101, no sentido Niterói e Ponte, devido ao grande fluxo de veículos, houve pontos de lentidão do km 308 (Itaúna) ao km 322 (Avenida do Contorno). Ou seja, 14 km de congestionamento por volta das 8h, de acordo com a autopista Fluminense, concessionária que administra a via. 

Em Niterói, em especial na Alameda São Boaventura, no Fonseca, e Avenida Roberto Silveira, em Icaraí, a manhã também foi de lentidão. O problema na Alameda pode ser sentido por toda a extensão da via devido ao grande número de veículos. Os reflexos puream ser sentidos também na RJ-104 até a altura do bairro de Tribobó. Já na Roberto Silveira, houve retenção da chegada ao Centro até o Túnel Raul Veiga, que liga os bairros de São Francisco e Icaraí. Nas avenidas Marquês de Paraná e Jansem de Mello, no Centro, também foram registrados pontos de lentidão.

Na Ponte Rio-Niterói, o trânsito também ficou lento em direção ao Rio dos acessos até a Ilha de Mocanguê e nas saídas para o Gasômetro e Rodoviária. O tempo de travessia chegou a 25 minutos no sentido Rio por volta das 8h, de acordo com a Ecoponte, concessionária administradora. 

Nas Barcas a movimentação seguiu normal. Na Linha Praça Arariboia-Praça XV, embarcações em intervalos entre as viagens de 10 minutos e com tempo de travessia em 20 minutos, segundo o último informe da CCR Barcas.

Fonte: http://www.ofluminense.com.br